2014-05-12 10:48:40.0

Professoras da UFOP e pesquisadora do LBNL são premiadas em Simpósio na China

Equipe venceu desafio de programação voltado a segmentação de células em imagens de citologia do colo do útero

As professoras da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) Andrea Gomes Campos Bianchi, do Laboratório de Polímeros e Propriedades Eletrônicas de Materiais (LAPPEM) no Departamento de Física (DEFIS), e Cláudia Martins Carneiro, da Escola de Farmácia e do Núcleo de Pesquisas em Ciências Biológicas (NUPEB), em parceria com a pesquisadora Daniela Ushizima, do Lawrence Berkeley National Laboratory-USA (LBNL), formaram a equipe campeã de um desafio de programação voltado a segmentação de células em imagens de citologia do colo do útero, que ocorreu no IEEE International Symposium on Biomedical Imaging, em Beijing, na China. 

O projeto visa a construção de ferramentas computacionais semi-automáticas de análise e quantificação de imagens de microscopia celular para auxiliar o citologista na análise e no diagnóstico de células cervicais coletadas via exame Papanicolaou. 

Segundo a professora Andrea, os responsáveis pelo desafio estão entre os principais pesquisadores de segmentação de células cervicais e os concorrentes são pessoas que também trabalham nessa área. "Ganhar o primeiro lugar significa que a UFOP, juntamente com o LBNL, vem desenvolvendo pesquisas de alta qualidade, comparáveis aos melhores. O resultado do desafio nos mostrou que estamos no caminho certo e gerou uma motivação muito grande em todos da equipe". 

Andrea completa dizendo que o potencial de uma ferramenta desta é enorme, pois se refere ao desenvolvimento de inovações para a promoção da saúde pública e de tecnologias que promovam o bem estar da sociedade. Essa ferramenta pode examinar uma quantidade enorme de lâminas, dia e noite, funcionando como uma pré-triagem ao patologista. "Não queremos tirar a figura do citologista, já que ele é essencial para o sucesso desse trabalho e será o responsável pelo diagnóstico final. O computador será um facilitador, auxiliando na melhoria da qualidade dos exames, na precisão dos resultados e na diminuição do tempo de espera dos resultados", ressalta.  

Recentemente, o Laboratório de Análises Clínicas (LAPAC) da Escola de Farmácia da UFOP foi habilitado como Unidade de Monitoramento Externo e Controle de Qualidade (UMEQ), se tornando responsável pelo controle de qualidade dos exames dos exames citopatológicos cérvico vaginais de Minas Gerais. Com os resultados das pesquisas das professoras e a ferramenta que elas estão desenvolvendo, os laboratórios da UFOP poderão se tornar referência nacional e internacional na análise de exames de Papanicolaou.
Contato para esta matéria: Adriana Moreira  Telefone: (31) 35591222  
Creative Commons License
Conteúdos licensiados sob uma Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil.
Baseada no trabalho de www.comunicacao.ufscar.br
« voltar
Sistema de Apoio à Comunicação Integrada (SACI) ícone do SACI - Copyright© 2009-2015 UFSCar - CCS